quarta-feira, 9 de abril de 2014

Nilson Nobre, a voz do Chefe Taboo

 Depois de muitos anos de pesquisa, eis que surge mais um nome importante para aqueles que lembram das dublagens das séries japonesas: Nilson Nobre.

Nilson apareceu na dublagem no final de 1989, na Álamo, como a grande maioria, fazendo pequenas pontas, e com o tempo pegando papéis maiores.

A primeira vez que ouvi a sua voz, foi na série Metalder, que estreou na TV Bandeirantes em Abril de 1990. Curiosamente ele fez dois personagens - na verdade intercalou - que ora eram dublados por ele, ora pelo José Parisi: o cão Springer e o inimigo/ aliado Top Gunder.


Também fez outros personagens de um só capítulo, como o KS Brunei (capítulo 11) e Ômega Ben K (capítulo 13).


Participou das versões brasileiras de Machineman e Goggle V, neste último, fazendo um papel fixo, o do Chefe Taboo, o imperador do Grupo da Ciência Malígna Desdark.


Em 1991, seguiu dublando, e fez dois dos três últimos tokusatsu's exibidos neste ano pela Rede Manchete: Maskman e Spielvan. No primeiro, a maior participação foi no episódio 46, o monstro Godaidogla. No último, o hilário Mecanóide Gunman, no capítulo 11.


Os últimos registros que encontrei de seus trabalhos datam de 1993, ainda na Álamo, em séries como o desenho animado Doug e filmes como Um Grito na Escuridão, em pequenas participações e vozerios.

Infelizmente não consegui informações sobre parentes desse profissional, e por este motivo não há uma foto de seu rosto. Alguns colegas de trabalho lembraram-se dele ao ouvir o trecho de voz, e disseram-me que além de ator, ele era cartunista e tocava numa banda. Infelizmente é falecido, e não há dados a respeito da data exata.

Enfim, mais um mistério para os saudosos fãs da dublagem da época é revelado. Embora na minha singela opinião o Nilson não tenha sido um dos integrantes do "Time A" da dublagem, seu trabalho marcou a vida de quem viu essas séries. Por isso, deixo esta homenagem à sua memória.

Ouça a voz de Nilson Nobre abaixo:



Um comentário:

G. HANOKH disse...

Puxa, cara o seu trabalho é mesmo super bacana...! Lembrar do chefe Taboo...putz! Valeu mesmo! Eu nem me tocava que ele também foi o cão falante Springer do Metalder...! Mas valeu mesmo! Eu achava que esse fosse o mesmo dublador que adorava dublar o Van Damme quando alguns filmes deste eram dublados pela Álamo(pelo menos o timbre acho que é o mesmo?!) Mas pelo que vejo, penso que me enganei, e puxa é uma pena mesmo já não podermos mais contar com esse profissional...! Que descanse em paz! Valeu por mais esse achado, mais essa grande pesquisa! E que continue assim! Seu Site é super interessante, viu?! Um abraço e até a próxima!